31/08/2015

uma outra sobre coração quebrado para o 380


 link
Você me tranca em suas patas amadas
me amarrando em sua presença
soada tão bonita

Amolece o ferro coração com calor
passos mansos
não me permitem preencher o que restou

apenas me cospe na cara o que quer

Lava a poeira com água suja
leva pra longe e esconde
todo o sofrer

Coruja esmorece o temor
e apodrece o que ficou

anda sorrateiro pela floresta dos perdidos
sem fazer barulho
e quando menos esperam

veio doce nos olhos

E lá se foi o cão abutre
despelar outra carne
escurecer outro mundo.

2 comentários

  1. Adorei! É só o que tenho a dizer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! corações partidos são feitos de poesia.

      Excluir